Conheça 3 vantagens de começar a empreender com franquias

Conhecer bem a área de atuação da franquia e conversar com outros franqueados são passos importantes para que o empreendimento seja bem sucedido.

Para quem quer empreender pela primeira vez, as franquias podem ser uma boa opção, principalmente pelo suporte que uma boa franqueadora oferece. O sucesso, no entanto, não vem imediatamente e sem esforço e comprometimento do franqueado. É preciso muito trabalho, estudo e paciência.

Vantagens para quem quer empreender com franquias

1. Suporte da franqueadora ao empreendedor

A primeira grande vantagem de empreender com franquias é receber o suporte do franqueado, que é composto por um pacote robusto que facilita a vida de quem nunca empreendeu. Modelo de negócio, validade, análise de ponto comercial, definição de mix de produtos e sugestão de preço de vendas estão entre os tópicos de importante decisão que as franqueadoras já definem por padrão.

Além de vários pontos práticos, o apoio acaba se tornando uma segurança emocional também. No entanto, cuidado com esse assunto. Abrir a franquia pode parecer mais fácil, mas você não pode deixar tudo na mão da franqueadora. Ela só abre as portas. É você quem faz acontecer.

2. Marca construída e reconhecida

Outra grande vantagem das franquias é poder começar um negócio com uma marca já reconhecida em seu setor, tanto pelos clientes finais quanto pelos fornecedores e parceiros. Também existe a vantagem de ter um investimento em marca muito menor, já que o trabalho geral é feito pela rede. Acaba restando para o franqueado investir apenas o valor relacionado ao mercado local (cidade ou bairro) onde atua.

3. Modelo de negócio validado

As franquias disponíveis para você investir e trabalhar já tem modelos validados. No caso de uma lanchonete, por exemplo, você não vai precisar começar um cardápio do zero. Você já tem ali algumas opções de tamanho de cardápio, de acordo com o tamanho do ponto, localização e público-alvo. A rede de fornecedores já existe e, em geral, os canais de comunicação já estão funcionando.

Análises que devem ser feitas antes de tomar uma decisão

1. Descubra qual é o seu perfil de empreendedor

Para descobrir seu perfil, comece fazendo as seguintes perguntas:

  • O que eu gosto de fazer?
  • Com o que eu já trabalhei?
  • Com o que eu gostaria de trabalhar?
  • Gosto de lidar com pessoas?
  • Quais são meus pontos fortes como potencial empreendedor?
  • Qual o valor do investimento que eu tenho disponível para o negócio?
  • Em quanto tempo eu espero começar a ter retorno do meu investimento?
  • O momento da minha vida é o adequado para fazer esse movimento?
  • Eu gosto e me dedico o suficiente para ter a vida financeira em ordem?

 

Qualquer decisão que tenha sido tomada antes dessa autoanálise será muito arriscada. Para empreender, ainda que seja através de uma franquia, é necessário muito trabalho e dedicação no dia a dia da operação do negócio. Por isso, se você vai passar muito tempo nesse negócio, deve checar essas questões para aumentar as possibilidades de você ser mais feliz fazendo o que decidir fazer.

2. Conheça bem as franquias e o mercado em que elas atuam

Antes de decidir por uma ou outra franquia, atente-se para o tempo de existência da franquia, quantidade de franqueadores, quantas já foram fechadas e o porquê. Também é preciso muito cuidado com as franquias da moda. Se você nunca empreendeu e está apostando todas as suas fichas nesse negócio, elas provavelmente não são para você.

3. Converse com outros franqueados da rede que escolher

Ou converse com até mais de um se estiver em dúvida. Procure pelos franqueados, entenda o que as redes que eles escolheram têm de pontos positivos e negativos e faça sua análise sobre o que ouvir.

4. Entenda muito bem os temas relacionados às suas finanças

Saber o que é investimento inicial, capital de giro, taxa de franquia, análise de lucratividade, rentabilidade e tempo de retorno de investimento previsto são passos de extrema importância. Se está querendo empreender, comece a estudar estes temas agora mesmo.

Depois de decidir a sua franquia, prepare-se para entender questões relacionadas à saúde financeira e aspectos legais da franqueadora que escolher.

Além dos temas básicos relacionados à sua saúde financeira e ao montante de valor que você vai investir como valor inicial de investimento e taxa de franquia (aquela que você vai pagar todo mês), é essencial entender como vai a saúde da rede.

Uma vez que você se interessa por uma franquia, comece a trocar informações para aprofundamento e tomada de decisão. Nesse momento, entra em cena a COF, Circular de Oferta de Franquia, documento que o franqueador disponibiliza com informações comerciais, financeiras e jurídicas.

Você pode e deve procurar a ajuda de especialistas. O Sebrae já disponibiliza bastante conteúdo sobre franquias em seu site e conta com atendimento gratuito através do telefone 0800 570 0800.

Pontos de atenção:

Nano ou Micro Franquias: um dos pontos mais fortes das franquias é justamente o suporte que é dado pela franqueadora para quem vai começar a empreender. E esse apoio ao franqueado não é barato. Logo, se a franquia que você está pensando em abrir tem um valor de investimento muito baixo e pouca ou nenhuma taxa de franquia, desconfie.

Franquias em casa: essa modalidade não exige ponto comercial, portanto tem seus custos fixos muito reduzidos, além de investimento menor, já que não demanda a reforma do ponto comercial para adequação aos padrões da franquia.

Não deposite toda a sua confiança em nenhuma franquia milagrosa. A segurança emocional que você procura para empreender depende mais de você e do seu esforço e menos das promessas de resultados imediatos.

Estude, busque referências, aprenda a entender as finanças de um negócio e então tome suas decisões de modo estruturado. Você vai ser o primeiro a entrar na empresa e o último a sair.

Boa sorte e boas decisões!

Fonte: G1

Quais são as 10 maiores redes de franquias do Brasil?

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) divulgou sua lista de franqueadoras brasileiras com maior número de unidades

A rede de cosméticos O Boticário é, mais uma vez, a maior rede de franquias do Brasil. O negócio possui 3.724 operações pelo Brasil.

É o que diz o estudo “Perfil das 50 Maiores Redes de Franquias no Brasil”, feito pela Associação Brasileira de Franchising. A pesquisa é realizada com redes associadas à ABF, que audita informações dadas pelas franqueadoras ao banco de dados da associação.

O Boticário levou a primeira colocação desde que o ranking começou, em 2016. A medalha de prata ficou com a rede de alimentação em postos de gasolina AM PM Mini Market, que possui 2.493 operações. A rede de fast food McDonald’s está em terceiro lugar, com 2.289 pontos de venda.

O balanço parcial do desempenho do setor de franchising foi divulgado ontem pela ABF. O mercado de franquias registrou 7% de crescimento anual em 2018, passando pela primeira vez a marca de 170 bilhões de reais.

Das 50 franqueadoras presentes na lista das maiores, 17 possuem mais de 1.000 unidades. O total de estabelecimentos das 50 maiores redes de franquias do Brasil cresceu 7%. Com isso, o volume mínimo de unidades para figurar no ranking também subiu, para 300 operações.

Os setores mais significativos da lista são alimentação; serviços educacionais; saúde, beleza e bem-estar; e moda. Aumentou a participação dos ramos de alimentação; saúde, beleza e bem-estar; serviços e outros negócios; e hotelaria e turismo. Das 50 franqueadoras, 32 operam há mais de dez anos.

A relação completa:

1 — O Boticário

Segmento: saúde, beleza e bem-estar

Unidades em 2018: 3.742

2 — AM PM Mini Market

Segmento: alimentação

Unidades em 2018: 2.493

3 — McDonald’s

Segmento: alimentação

Unidades em 2018: 2.289

4 — Cacau Show

Segmento: alimentação

Unidades em 2018: 2.232

5 — Subway

Segmento: alimentação

Unidades em 2018: 2.094

6 — Jet Oil

Segmento: serviços automotivos

Unidades em 2018: 1.772

7 — Kumon

Segmento: serviços educacionais

Unidades em 2018: 1.488

8 — CVC Brasil

Segmento: hotelaria e turismo

Unidades em 2018: 1.250

9 — Wizard by Pearson

Segmento: serviços educacionais

Unidades em 2018: 1.250

10 — BR Mania

Segmento: alimentação

Unidades em 2018: 1.231

 

Fonte: Exame

Tire suas dúvidas