Desenvolvimento de franquias depende de avanço tecnológico para se adaptar ao ambiente digital

Segundo estudo da Associação Brasileira de Franchising (ABF) em parceria com a Confederação Nacional de Serviços (CNS), a inovação foi a grande responsável pelo crescimento das franquias em 2017 (de acordo com a própria ABF, o segmento cresceu 8% em 2017 e prevê alta de 9% para 2018).

Franquias e o cenário de transformação digital

Os investimentos em inovação fazem parte de uma mudança na postura das empresas em geral que, antenadas com as demandas do mercado consumidor, iniciaram, nos últimos anos, um processo de transformação digital focado na implantação de tecnologias e soluções capazes de otimizar a eficiência operacional, aumentar a capacidade de produção e a oferta de produtos e serviços mais sofisticados.

Só no ano passado, uma pesquisa da IDC, consultoria especializada em tecnologia da informação, apontou que negócios em todo o mundo investiram mais de 1 trilhão de dólares em ações de transformações digital.

Dentro deste cenário, o mercado de franquias também tem buscado ampliar seu viés inovador. Entre 2014 e 2016, quase 92% das franqueadoras investiram na criação de algum novo produto ou serviço (números da 1ª Pesquisa de Inovação nas Franquias Brasileiras – ABF/CNS). No mesmo levantamento, 45% destas empresas informaram ter adotado novos equipamentos e softwares para o andamento dos negócios.

Com tudo isso, já é possível afirmar que sim, o universo do franchising, como um todo, já abriu os olhos para a tecnologia e a transformação digital. O segredo para os investidores é buscar marcas consolidadas, com histórico de sucesso no campo da inovação.     

O papel da tecnologia no crescimento de uma franquia

Assim como para outros modelos de negócio, a tecnologia assume diversos papéis quando o assunto é o crescimento de uma franquia. As empresas franqueadoras podem utilizar soluções, para, por exemplo:

  • Tornar mais eficientes as operações internas de uma franquia no plano da gestão financeira, contábil, de estoques, pessoas, clientes e atendimento;
  • Melhorar a comunicação com os franqueados;
  • Ampliar a oferta de produtos e/ou serviços;
  • Atingir com mais eficiência o público-alvo de uma franquia;
  • Entender as demandas dos consumidores e melhoras os níveis de satisfação e encantamento.

 

Com todos estes benefícios, é fácil entender porque os investimentos em tecnologia e inovação foram o pilar do crescimento do mercado de franquias nos últimos anos.

Fonte:  EXAME

Tire suas dúvidas