Lições básicas para quem quer inovar

Hitendra Patel, uma das autoridades do mundo no assunto, fala o caminho para a inovação

Ser inovador não significa, necessariamente, investir apenas em tecnologia ou equipamentos de última geração. E quem fala isso é um dos maiores nomes globais em Inovação, Hitendra Patel, pesquisador e diretor da consultoria norte americana IXL Center, com sede em Boston. Então, o que é na verdade gerir inovação nas empresas e quais os passos para se investir no assunto?

Para se destacar no mercado em meio a tanta informação, competitividade e dinâmica nas transformações, Hitendra Patel explica que existem, no mínimo, quatro passos a serem seguidos:

Querer é poder - A inovação começa com liderança. É necessário que o líder almeje que a empresa ou o produto no qual trabalha se torne o maior em seu segmento. O que estamos fazendo hoje, o que estamos realizando hoje, não é o suficiente. Precisamos querer ser dez vezes maior e melhor.

Pense fora da caixa - Se você consegue pensar e querer ser dez vezes maior, então o que estamos fazendo hoje não é o suficiente. A maioria das empresas só pensa em inovar quando está com algum problema. É fundamental fazer algo diferente hoje para se antecipar aos problemas. Esse é o segundo passo. Você precisa fazer coisas diferentes do que estava fazendo ontem para ser capaz de se tornar dez vezes maior amanhã. A inovação não acontece de um dia para o outro.

Liberdade para criar - Libere a energia das pessoas em sua empresa. Acredite, elas são inteligentes. Uma vez que elas sabem que você quer ser 10 vezes maior, então vão aparecer com as ideias e te ajudar a se tornar diferente. Agora você precisa dar a elas espaço e tempo para serem criativos. Tempo e espaço para fazer projetos.

Vá até o fim - Você precisa ter disciplina: o que começou, termine. Concluir as etapas é uma forma de mensurar seu desempenho e conseguir visualizar resultados. Não importa se você não conseguiu subir dez vezes com o trabalho desenvolvido, se avançou três degraus, já é melhor do que zero.

Além desses passos, Patel também destacou que é inevitável encontrar barreiras no caminho e que será necessário buscar novas alternativas para alcançar o sucesso, mas tudo se transforma em aprendizagem. “É preciso se preparar mentalmente para essa viagem, porque a maioria desiste no primeiro obstáculo”, pontua.

E aí, vamos inovar?

Com a proposta de desenvolver um portfólio de serviços e inovações tecnológicas, o Senac Ceará firmou parceria com o IXL Center, consultoria global que está presente em mais de 15 países e tem como clientes: NASA, Disney, Governos de Dubai e Singapura, Natura e a Havaianas. O diretor, Hitendra Patel, assinou o protocolo de intenções durante a inauguração do Senac Reference, que será a sede dos projetos de inovação. Entre as ações prevista estão programas de treinamentos e aceleração de crescimento, realização de missões internacionais e mentoria para os clientes e alunos do Senac e demais entes do Sistema Fecomércio.

Tire suas dúvidas